Páginas

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Um Casamento no Céu

Doçura. A doçura me acompanhou e me conquistou neste casamento.

O meu primeiro contato com a noiva, veio na verdade através do talento dela. Conheci  o trabalho artístico sobre tons, luzes e exposições que a Renata faz. Ela é fotógrafa e além de acompanhá-la eu a tinha e tenho como parte de minhas referências artísticas e uma das melhores criadoras de imagens desta nova geração.

O trabalho eu acompanhava através do portfolio dela e nossa conversa pessoal, de alma pra alma, começou quando ela me pediu para filmar o casamento dela. O processo foi incomum. Renata me convidou para passarmos um dia no sítio da família dela, onde seria o casamento, e ali me contou todos os sonhos e expectativas sobre o dia. Compartilhamos nossas experiências visuais sobre "mil e um casamentos" e dividimos um tempo bom. Este dia inclusive, virou retrato e meu nível de admiradora foi elevado para fã. Conhecer o relacionamento da Renata com o tema e a fotografia, o cuidado, a sutileza e a certeza que ela nasceu para dirigir tons e pessoas através de suas lentes.

Quem dera se fosse possível passar um tempo de imersão com cada noiva, em cada local e cada família envolvida. Fico a sonhar com a possibilidade de um dia compartilhar sonhos desta forma porque o resultado me impulsiona.

No dia do casamento, cheguei muito cedo com a equipe para captarmos os momentos da montagem, que foi exatamente como uma festa de família deve ser. Cada membro com seus afazeres e aquela manhã chuvosa trazia a esperança e o sentimento verdadeiro de o que realmente importa dará certo.

Uma mesa unindo duas famílias, no local onde os noivos se conheceram, onde a noiva ama estar com seus animais de estimação e onde eu estava inspirada e confortável.

Meu desejo era exatamente significar tudo isto em história, em filme. A beleza, um caso a parte que uniu perfeitamente.

O resultado foi doce como o processo.

O Casamento é em sua essência simples e emocionante. Temos o sonho de criar imagens e cenas que signifiquem o tamanho de nossos sentimentos, como todo ser criador tem, mas em nossas limitações, nada se compara à nossa verdade.

A única coisa que precisamos para fazer um casamento é a verdade. O que criaremos para contar isso é lindo, maravilhoso, deslumbrante, mas a verdade é o que mantém a essência do casar.

A verdade mantém a inspiração e rega o fruto doce. Se colhe a doçura.




Um filme de: Giovanna Borgh
Imagens: Giovanna Borgh, Fabio Ura, Juliane Fernandes
Assistente: Felipe Moreira
Edição: Giovanna Borgh
Música: Into The Well - Mree
Local: Sítio Leme
Lista de Fornecedores e Produção do Casamento aqui! 

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Meu Melhor Amigo

"Se eu pudesse dar um conselho para alguém, seria: namore ou case com o seu melhor amigo"

Este foi o conselho registrado e inspirado dado pela Amanda. Não só um conselho, uma vida compartilhada que se percebe. A Amanda não precisaria nem dizer. Percebe-se então. Ela repousa em Advan confiança, carinho e amizade em um único olhar.

Tem a juventude, a história recém vivida, prestes a ser ainda mais feliz, mas o ar da amizade que levou anos para se desenvolver, de acontecimento em acontecimento, foi se tornando amor. E o amor é visível a partir deste dia, do casamento.

Uniram-se literalmente. Já eram juntos, agora são um.

A Amanda se casou com o melhor amigo e hoje ela é o melhor amigo dela. Respira o mesmo ar, vive os mesmos sonhos e trilha o mesmo caminho.

Não pode-se jurar eternidade a um ser humano, mas, pode-se jurar amizade.

No juramento, os outros amigos aplaudem e emocionam-se com os dois melhores amigos, agora em um.

Entre todos os dias do ano, em um dia de verão, o sol coroa as lembranças e a água da fonte rege lágrimas de amor.




Um filme de: Giovanna Borgh
Imagens: Giovanna Borgh, Fabio Ura, Juliane Fernandes.
Assistente: Felipe Moreira
Edição: Giovanna Borgh
Som direto da cerimônia: Jc Neto
Lista de fornecedores do casamento: aqui




sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Geo & Ale - O Casamento da Minha Amiga

Eu choro muitas vezes filmando casamentos.

Quando sinto a emoção de alguém envolvido; quando desejo para minha vida palavras de amor colhidas em uma cerimônia; quando vejo a beleza da criação de Deus em cada detalhe exaltado pelo homem ou que foi criado e naturalmente esteve ali para participar.

Eu choro de amor. Mesmo sendo um trabalho intenso e muito técnico, eu me envolvo e o amor me abastece para a próxima etapa do trabalho árduo que é criar algo.

Mas eu nunca tinha filmado alguém que me fizesse chorar de amor pelo simples motivo de estar se casando. Eu também nunca tinha filmado casamento de nenhum amigo antes (a maioria dos meus amigos já são casados ou se tornaram meus amigos depois do casamento).

Conheci a Geo na igreja. Compartilhamos muitos interesses mas dentre todos eles, o que nos uniu foi a vontade de nos relacionarmos com Deus em comunidade. Depois de algum tempo, a Geo conheceu o Ale e muitos motivos os uniram para que eles decidissem se casar.

A Geo e o Ale são um só. E este é o maior mérito dos dois. Esta é a maior felicidade que um amigo pode sentir.

Entregar a Geo nas mãos do Ale com fé, com amor e vê-la simplesmente feliz e completa porque agora, ela é feita de três partes: "Eu, você e Deus".




um filme de: Giovanna Borgh
imagens: Giovanna Borgh, Fabio Ura, Juliane Fernandes e Felipe Moreira
edição: Giovanna Borgh
música de: Holly Throsby e Brigitte Bardot
lista de fornecedores do evento, aqui: Vestida de Noiva



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...